segunda-feira, 18 de abril de 2011

Deixa-me te amar,



Deixa-me te amar,
Permita que eu mostre como é doce o gosto do amor.
Como é quente o calor de um abraço.
Como macio o esplendor de um beijo.
Deixa-me te amar,
Permita, que eu mostre como tu podes ser,
Importante para alguém, que tens tudo para
Lhe fazer bem...ser seu bem...
Deixa-me te amar,
Permita que eu te tire desta solidão,
Que mostre que juntos, seremos uma multidão.
E te lançarei em meu coração, com toda devoção.
Deixa-me te amar,
Permita-me mostrar como é bom amanhecer,
Com um olhar apaixonado, um café na cama.
Minha alma em chamas pela tua.
Carinhos e afagos, como é bom
Acordar com alguém ao lado.
Deixa-me te amar,
Permita-me ter o deslumbre da tua paixão.
A loucura de teus desejos, a vontade
Pelos teus beijos.
Deixa-me te amar,
Permita-me ser sua de verdade.
Lhe trazendo pra minha realidade.
Serei seu pra toda eternidade.
Venha , estou a tua espera, deixa-me, permita-me! Me deixe ser feliz . . .

Nenhum comentário:

Postar um comentário