quarta-feira, 27 de abril de 2011

Que Meleca


Preciso provar
Pra ela
Que eu sou
O homem dela
O único que pode
Faze-la  feliz
O homem que sem saber
Ela sempre quis
Eu já me convenci
De que preciso
convencê-la
Argumentos não me faltam
O que me falta é calma
De dizer o que sinto
Olhando nos olhos dela
Sem gaguejar
E sem engasgar
Perto dela
Viro um menino
Que meleca
Que não consigo
Nem pensar
E nem falar

Nenhum comentário:

Postar um comentário