quarta-feira, 27 de abril de 2011

Quem sou eu…



             Quem me acompanha nesta noite?

                                Quem está do lado de fora de mim…
                                Quem está dentro do meu peito?…
                                Quem irá curar esta tristeza sem fim?
                                
                                Alegrias e emoções tão confusas…
                                Saudade penetrando os ossos…
                                Decepções tão devastadoras…
                                Que carregar… já não posso…
                                
                                Quem sou eu… – Quem sou afinal?
                                Procuro tanto e não me encontro…
                                Tantos fustigam a minha memória,
                                Muitos faleceram no vil confronto…
                                
                                Quem é este no espelho…- Quem é?
                                Não reconheço esta pessoa, seu olhar…
                                Ele não se parece comigo… em nada…
                                Já não sorri, só traz lágrimas a bailar…
                                
                                Quantos mais irão morrer aqui dentro?
                                Que comédia ou drama irei representar?
                                Chega… basta… de dores… de solidão…
                                De nuvens negras, quero dormir e sonhar!
                                
                                Sonhar que posso, que tudo é perfeito,
                                Que a ternura existe, que o amor é real,
                                Que toda a maldade será da terra banida,
                                E poderei ser feliz como qualquer mortal!…

Nenhum comentário:

Postar um comentário