terça-feira, 31 de maio de 2011

Sou assim mesmo


É tão engraçado,
Nunca pensei que sentiria isso.
É irônico ver como as coisas...
Se rearranjaram para eu sentir isso.
Não deveria ser somente algumas lágrimas?
Como sofrer por amor dói...
Acho que nunca vai curar,
Mesmo que eu me convença de que te esqueci,
Que eu me sinta indiferente ao te ver,
Que nem mesmo penso mais em você.
E é tão engraçado como sei que não é verdade,
Mas eu quero negar...
Sim! Eu quero acreditar nessa mentira,
Porque é tão mais acalmante, mais saudável... Para mim,
Pelo menos fingir um sorriso e me dizer "Está tudo bem"... Mas não está.
Também acho que o meu sorriso nunca mais será verdadeiro,
Sempre escondendo aquela ferida que me faz chorar por dentro.
Sou um tanto sarcátisco,
Eu estou alegremente triste,
Eu estou sorrindo com lágrimas,
Eu estou amando a maldita dor.
Eu podia sair com a fúria, com a raiva, com a revolta...
Algumas palavra poderiam te machucar mais do que uma faca afiada,
Mas eu sou tão sarcástico comigo mesmo
Que prefiro lhe ver feliz e eu, chorando...
Ah... Eu sou mesmo assim,
Uma pessoa com um coração cheio de tanto vazio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário