quarta-feira, 25 de maio de 2011

Sozinho 3

Olha para mim
E diz-me quem eu sou…
O que me aconteceu
Ou o que em mim mudou…

Diz-me que é um pesadelo,
Igual ao dos filmes ou livros de terror.
Diz-me que o dia acaba rápido
E logo vem a harmonia cobrir este cenário desolador.

Olha para mim
Bem no fundo dos meus olhos 
E vê a raiva de frente
A fúria em espírito,
Igual à que habita, um coração sem amor.

Liberta-me meu amigo,
Entrego-me na tua bondade.
Não me deixes ir pela corrente sombria
Que em todos os minutos leva-me para onde nunca quis ir.

Olha para mim
Tu conheces-me…
Sabes quem um dia fui, 
Quem um dia quis ser.

Conduz-me.
Pela vida que espera por mim,
Pela vida que ainda me resta.

Conduz-me
Pela luz que hoje não consigo ver,
Pela claridade que insiste em não aparecer.

Olha para mim
E diz-me que não estou sozinho,
Que terei força e coragem,
E encontrarei o meu caminho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário