quinta-feira, 21 de abril de 2011

Não se Iluda



Esnoba-me e ignora,
Finge que não existo.
No fundo me adora
e precisa ficar comigo
Para de mentir
ficar se iludindo a toa.
Assume pra você
que não dar mais pra viver
sem mim garota
eu fiz a minha parte
assumi te amar de verdade
mais para cortar o clima,
você finge que não liga
e me ignora e apavora
esse meu ingênuo coração
aonde é que vamos parar
eu já assumi amar você,
só quero ouvir me gostar também
você pinta e borda com a minha emoção
mas não dar o braço a torcer
E só me diz que não
Não usa palavras e sim joguetes
Continua se enganando
Mas será que não vestes
O que todos vêem ,
E alguns ate soltam foguetes
Que seu lugar é ao meu lado
E que só pra você é que mentes
Agora me ignora
O certo julgas fazer
Apenas adia com demora
O fim que você conhece
E de novo quer reviver